Saúde alerta para importância da vacina contra influenza

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) alerta a população para a proximidade do fim da Campanha de Vacinação contra a influenza. A ação, que teve início em todo o estado no dia 22 de março, chega ao fim nesta sexta-feira (31/05).

Os dados da SES-GO apontam que apenas 30,59% das pessoas que integram os grupos prioritários tomaram o imunizante em um dos cerca de 900 postos espalhados por todo o território goiano. A cobertura vacinal é menor que a registrada em todo o país, de 36,75%. O  Ministério da Saúde considera como ideal a cobertura vacinal acima de 90%.

A superintendente de Vigilância em Saúde da SES-GO, Flúvia Amorim, acentua que a vacina contra a influenza é fundamental para prevenir as formas graves da doença.

“Com a chegada do clima frio e seco, observamos o aumento dos casos de doenças respiratórias. Por isso, conclamamos as pessoas que ainda não tomaram a vacina a ir a um dos postos localizados em todos os municípios para receber a dose do imunizante”, enfatiza. Durante o feriado de Corpus Christi, a população deve se informar sobre a abertura das unidades junto às prefeituras locais.

Os registros da SES-GO demonstram que ocorreram 3.196 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) neste ano em Goiás. Destes, 301 foram por influenza e resultaram em 26 mortes.

Ampliação

Desde o dia 2 de maio, a SES-GO, atendendo recomendação do MS, ampliou a vacinação contra a influenza para toda a população acima de seis meses de idade. O MS acentuou que, apesar da alta vulnerabilidade dos grupos iniciais definidos como público-alvo da vacinação, a ampliação se justificou pelo benefício que o imunizante proporciona para a população não contemplada nos grupos prioritários.

Flúvia Amorim ressalta que a ampliação da vacinação contribui para a redução dos atendimentos ambulatoriais, internações durante o período frio e seco, tendo em vista que as doenças de transmissão respiratória são mais frequentes nessa época e as pessoas passam mais tempo em ambientes fechados.

A superintendente destaca, também, que apesar de a Campanha de Vacinação contra a influenza encerrar-se no dia 31 de maio, a população que ainda não se vacinou pode procurar os pontos de vacinação posteriormente, para receber o imunizante.

“As pessoas podem procurar o posto de saúde mais próximo de sua casa para se proteger contra essa grave doença”, enfatiza. Flúvia Amorim assinala, ainda, que a vacina contra a influenza é extremamente segura e aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fonte: Secretaria de Saúde – Governo de Goiás

Foto: Iron Braz

artigos relacionados

categorias

conteúdo exclusivo

Redes